Você está vendo os artigos do mês de setembro 2010
♥ 30 de setembro de 2010

Vestidos para Madrinhas – Casamento de Dia

Aproveitando as idéias da Paulinha e da D. Tânia sobre mini-weddings, que tal algumas inspirações de vestidos para as madrinhas ou para as mães, para casamentos de dia?
Mais uma vez, fomos garimpar looks nos desfiles de primavera-verão 2010/2011 e trouxemos algumas sugestões para ajudar vocês a comporem o altar!

{Vermelhos, laranjas e terrosos}
 
Tibi

Bagdley Mischka



Gucci



Victoria Beckham



Victoria Beckham

{Cítricos, beges e bronzes}
Salvatore Ferragamo

Victoria Beckham



Kylie Minogue em Dolce & Gabbana e seu par de Loubotin

Wes Gordon

 

Jason Wu

 

Tibi

 

Monique Lhuillier



Monique Lhuillier



Monique Lhuillier

Tibi

{Azuis e roxos}

Fendi

Gucci



Fendi

Jason Wu

{Se a noiva quiser, até um pouco de preto pode no altar… Por que não?}



Jason Wu

E vocês, meninas, preferem definir as cores para as madrinhas ou deixá-las livres para escolherem o que mais gostam?

Mais looks aqui e aqui.

…………………………………………………………………………… 


postado por na categoria Casamento, Moda
♥ 29 de setembro de 2010

Cores fortes e contrastantes no décor

Lounge com decoração rústica e belas almofadas – conforto extra para os convidados!

Contrastando nuances fortes presentes principalmente nas flores com a leveza do branco, a decoradora Adriana Rocha deu um tom de sonho e sofisticação ao casamento realizado na Casa Petra, em São Paulo.
O desejo dos noivos era uma festa colorida, porém sem extravagâncias. E foi por meio deste pedido que a profissional acredita ter captado o estilo de seus clientes e chegado com sucesso ao resultado final.

Amei o tom de verde das bandejas de doces!
Nos centro de mesa com folhas de antúrio e outras folhagens não fez falta a presença de flores
Belos e simples portaguardanapos complementaram o décor da mesa

A ambientação discreta e delicada sem deixar de abusar das cores resultou em um casamento romântico e singular!
Imagens via Bella Noiva

……………………………………………………………………………

postado por na categoria Casamento
♥ 29 de setembro de 2010

Por que ter um mini-wedding?

Atualmente, muitos noivinhos tem optado por realizar um mini-wedding, mas… o que vem a ser isso?
{Afinal, o que é um mini-wedding?}

Martha Stewart Weddings

Para mim, mini-wedding é um casamento intimista, apenas para as pessoas mais chegadas [mesmo!], entre familiares e amigos queridos, ou seja, para até no máximo 100 convidados. É uma opção para os noivos que não querem vender um rim para fazer seu casamento.
Por ser intimista, pode ser realizado em lugares menores, como um pequeno salão, um jardim, em um quintal e até no terraço de casa! Mas isso não quer dizer que não será bem pensado. Pelo contrário, é em um mini-wedding que a decoração poderá ser simples, porém delicada e charmosa. Poderá ser mais em conta, porém encantador. É neste tipo de casamento que acho mais fácil e viável [financeiramente] aplicar o conceito DIY - faça você mesma(o).
Na minha opinião, este é um tipo de casamento lindo em que você pode colocar seu estilo! Por isso, inspirada em uma reportagem da Hello Magazine! e no casamento da Elodie, blogueira super influente, que teve um mini-wedding à la DIY, escrevo alguns motivos para ter um mini-wedding para chamar de seu!
{6 Motivos para ter um Mini-Wedding}
{1}
Se sua paixão é aquela capelinha pequena e bucólica, por que não fazer a cerimônia lá? O bom é que fica mais fácil se ater ao número limitado de convidados devido à restrição de tamanho do local. Pode-se ter o mesmo pensamento e fazer a recepção em um restaurante ou em um pequeno iate. Quem disse que por ser um mini-wedding ele é menos glamuroso?

{2}
Lógica matemática: quanto maior o número de convidados, maior o casamento, logo, mais caro fica o buffet, as lembrancinhas, os convites, praticamente tudo! Então, seja por questão de economia ou porque se quer gastar em outro lugar [casa, lua-de-mel], reduzir o orçamento faz sobrar dindim para outros projetos!



{3}
Um mini-casamento permite verdadeiramente focar na organização do dia do que nos “pequenos grandes” estresses que um casamento grande pode produzir. Eu digo isso de carteirinha, pois, embora meu casamento tenha sido para 170 pessoas, tive muitos “pesadelos” que não ocorreriam, caso ele tivesse sido menor.

{4}
Em um casamento grande, é provável se esquecer de alguma coisa. Um mini-wedding permite que os próprios noivos ponham a mão na massa, sem cansar ou demandar muito tempo, garantindo que até os detalhes mínimos saiam do jeito que se espera. Aos poucos, pode-se confeccionar os próprios arranjos de mesa, montar as lembrancinhas e fazer o próprio convite. Esse sim, é um casamento sob medida!








{5}
Um mini-wedding pode se “dar ao luxo” de ter aquelas comidinhas gostosas que a gente ama e ficam super graciosas compostas em uma mesa. A Ju as chamaria de finger foods! Pelo menos aqui no Rio, a maioria dos bufês tem esta opção.
{Estação de guloseimas e algodão doce}- Que graça!

{6}
Não menos importante, a verdadeira bossa de planejar um mini-wedding é a vantagem de estar cercados dos seus verdadeiros amigos e pessoas que te amam
Por que planejar um casamento político no qual tem-que chamar a prima de 2º grau da sua avó ou o colega de trabalho que seu noivo nem vai com a cara e que você nem sabe o nome? Vocês poderão passar tempo, conversar e aproveitar o dia junto com aqueles que realmente irão se importar e compartilhar da mesma alegria e emoção que vocês.

E, então? Seu casamento será mini?
Aproveitem e participem da enquete ao lado direito, respondendo para quantos convidados será seu casamento!
Beijocas,
Paula
……………………………………………………………………………


Inspiração: Hello! Magazine – Brides
Fotos do casamento da Elodie: Marianne Taylor Photography


……………………………………………………………….


postado por na categoria Casamento, Sustentabilidade