Você está vendo os artigos na categoria “Grandes Dicas, Pequenos Espaços”
♥ 23 de maio de 2014

Apartamento pequeno de 36 m²

c_grandes dicas pequenos espacos

Você aí (leia-se eu!), reclamando do seu apErtamento quarto e sala de 48 m², ainda não viu esse aqui de 36 m²! Fizeram miséria com o danado que parece muito maior do que é! E a gente, espertamente, pega carona com as ideias mirabolantes para driblar a falta de espaço e para decorar de forma linda e descomplicada.

Vem se espantar comigo!

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc

♥ Base branca. Repare que o piso foi todo pintado de branco. As janelas e a maioria das paredes também são brancas, além dos armários da cozinha.

♥ Janelas amplas. A luz chega fácil em todo o ambiente e dá impressão de que o espaço é maior.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_1

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_3

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_4

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_7

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_5

♥ Delimitação de ambientes por móveis e cores. Se você quer que seu apartamento tenha essa impressão de amplitude, mesmo sendo pequeno, abra mão das paredes. Neste projeto, por exemplo, apenas a mesa de jantar separa a cozinha da área de estar. Nem houve necessidade do balcão de cozinha americana. Repare também nas paredes cinzas delimitando a sala de estar.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_20

♥ Nichos, prateleiras e armários embutidos. Achei aconchegante e genial o nicho projetado especialmente para entrar a cama. Ali, não tem luz no teto, é um espaço para relaxar. Apenas uma andarela na parede permite a leitura antes de dormir. E a parede do nicho deu estrutura para as prateleiras embutidas, do outro lado, amparar miudezas do pequeno home office. Até ele coube no projeto, meodeos!

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_2

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_10

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_11

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_12

Antes que você me pergunte onde (raios) está o guarda-roupa desta casa, já te adianto que ele foi parar no hall.  Fiquei impressionada com o tamanho do espaço de armazenamento! O proprietário abriu mão de um armário tradicional e instalou portas de correr e, internamente, estruturas de ferro, onde o cabideiro e as prateleiras podem ser fixados. Isso dá liberdade para modificar o layout do armário conforme a necessidade. O pé direito alto ainda permite espaço para os armários superiores, os famosos maleiros.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_13

Vamos combinar que esse banheiro é super real. Para organização, prateleiras, prateleiras, prateleiras.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_14

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_16

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_15

Para decorar

♥ Tijolo aparente dá charme e aconchego, além dos papéis de parede.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_9

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_17

♥ O parapeito baixo da janela serve como bancada/prateleira para exibir objetos de decoração.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_8

♥ Qualquer espaço vazio na parede pode servir para penduradores, tanto para organização quanto para decoração. Esse aqui fica bem na entrada do apartamento, organizando os casacos e bolsas de quem chega.

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_6

A planta baixa:

apartamento 36 m2_alvhem_pequenos espacos_mfvc_18

Me diz se ele tem mesmo carinha de 36 (m²)?

Você confere mais dicas de otimização de espaço e mais apartamentos pequenos na nossa série Grandes dicas, Pequenos espaços.

{Via Alvhem}

♥ 28 de fevereiro de 2014

Ideia para organizar bijuterias

Grandes dicas, pequenos espaços-Série do blog Minha Filha Vai Casar

Que a gente gosta de ideias espertas para armazenar as bijuterias você já sabe. Daí, que encontramos outra forma bacana de organizá-las!

Vê só:

cffca584f7624c5b6366f80a7c766c82

Está sobrando um pedacinho de parede? Dá para fazer este projeto. Um armário de pouquíssima profundidade foi projetado para caber todos os penduricalhos. Na parte de cima, foi instalado um display de anéis, que usualmente é utilizado na horizontal. Embaixo, pequenas prateleiras para acomodar incontáveis pulseiras. E espaços na porta e no interior do armário com ganchos para brincos e colares – pequenos e maxi. O fundo preto ajuda a encontrar o que se procura mais facilmente.

Reparou que este armário foi feito em um restinho de parede, entre uma porta e outra parede de espelho, justamente naquele lugar que a gente acha que não tem como ser aproveitado?

Está aí a prova de que para tudo, da-se um jeito, hehe.

Veja outro projeto similar: pequeno armário para guardar bijuterias.

{Via The Every Girl}

♥ 10 de janeiro de 2014

Apartamento pequeno em São Paulo

Grandes dicas, pequenos espaços-Série do blog Minha Filha Vai Casar

Pode ser que você não tenha tanta metragem quadrada disponível como nesse apartamento pequeno em São Paulo, projetado pelo arquiteto Alan Chu. A vantagem é o pé direito extremamente alto, viabilizando um mezanino de altura confortável, que comporta o quarto e o banheiro. Mas, se fizermos as contas, ele tem o tamanho de um quarto e sala bem pequeno (25 m2). Então, tá valendo anotar as três dicas que depreendi desse projeto para nosso apê de cada dia, rs.

1 - Aproveite uma parede para um projeto de marcenaria contínuo. Várias caixas de madeira de pínus autoclavado – discplicentemente dispostas em diferentes alturas, tamanhos, larguras e modelos – formam uma estrutura que serve para armazenamento na despensa, na cozinha e na área de estar.

51d9cb4ce8e44ed538000069_ap-1211-alan-chu_fragile_01

apartamento_pequeno_sp_mezanino_alan_chung_mfvc

Olha como pode-se aproveitar um cantinho que seja para uma despensa! Pausa para contemplar a geladeira vermelha Smeg. Oh…

2 - Invista em cores neutras para a estrutura do apartamento. Aqui, a composição aparentemente aleatória foi piso de cimento queimado, parede de azulejos brancos (amo!), marcenaria de madeira clara (pínus), teto de madeira mais escura e escada preta. A cor vermelha foi eleita para ser pontuada no tapete e na geladeira vintage e nos acessórios retrô, como a cadeira e o antigo telefone público.

51d9cb51e8e44ecad7000083_ap-1211-alan-chu_fragile_02

51d9cb59e8e44ebb50000094_ap-1211-alan-chu_fragile_04

51d9cb5de8e44ed53800006b_ap-1211-alan-chu_fragile_05

O segundo andar também prova esta teoria, com o combo preto e branco.

51d9cb40e8e44ebb50000092_ap-1211-alan-chu__mg_3855-edit

O armário fica ao lado da cama e o banheiro, no corredor que dá acesso à escada.

51d9cb4ae8e44ebb50000093_ap-1211-alan-chu__mg_38641

51d9cb43e8e44ed538000068_ap-1211-alan-chu__mg_3683-edit-666x1000

3 – Deixe bastante espaço para a circulação. Este truque dá a sensação de que o apartamento é muito maior do que parece!

51d9cb54e8e44ed53800006a_ap-1211-alan-chu_fragile_03

Como não há mesa de centro, houve espaço de sobra para o sofá chaise-longue, que ainda pode servir de cama para convidados.

51d9cb61e8e44ed53800006c_ap-1211-alan-chu_fragile_06

A planta do projeto: primeiro piso e mezanino, respectivamente.

51d9cbb8e8e44ebb50000096_ap-1211-alan-chu_floor_planx2

51d9cbb5e8e44ebb50000095_ap-1211-alan-chu_floor_planx

Posso dizer que só senti falta de uma mesinha de jantar e de uma máquina de lavar? Você pode conferir como este apê era antes da reforma aqui.

{Fotos: Djan Chu via Arch Daily}