♥ 15 de abril de 2014

Casamento econômico e DIY de Ana e Marcos

c_historias

Este casamento é o tutorial de como se junta cores alegres, gambiarras, corações de feltro e papel, toalinhas de crochê, garrafas de vidro reutilizadas para formar a mais linda e delicada decoração de casamento econômica e DIY do universo! Sim, me empolguei porque o casamento de Ana e Marcos fez meus olhos brilharem! Para salvar na pastinha de inspirações para quem quer ter um casamento no campo, de dia e ao ar livre.

IMG_8308

História do casal, contada pela noiva

“Ele é gaúcho, nascido em Gramado e sempre morou em Três Coroas, RS. Eu sou paulista, nascida em Bauru, SP, mas me mudei com minha família pra Franca, SP. Nos conhecemos em 2007, aos 15 anos, num acampamento cristão. Ficamos muito amigos, mas nesse mesmo ano ele se mudou para a África do Sul. E o namoro que já parecia impossível, ficou ainda mais distante.

Apesar da geografia, a amizade e o carinho foram crescendo e a vontade de começar um namoro ficou bem clara da parte dos dois. No ano seguinte, Marcos retornou para Três Coroas, e então tivemos nossa chance! (…) Tínhamos 17 anos e quase 2000 km nos separando. A maioria das pessoas, pra não dizer todos, acreditavam que aquilo era coisa de adolescente e que iria passar.

Foi aí que tivemos nossa virada. No ano de vestibular, os dois prestaram para faculdades em Bauru e, pra todos os efeitos, passamos! Tínhamos 17 anos, 6 meses de namoro e, milagrosamente, havíamos vencido os 2000 km. E até hoje, TODAS as vezes que conto essa história eu penso: Só por Deus, que é tão bondoso e cuida dos mínimos detalhes!

Bom, os outros 5 anos do nosso namoro podem ser resumidos à idas e vindas de Bauru para as cidades de nossas famílias, de Natais e Anos Novos separados e de muito amor e muitas risadas nos intervalos!”

banner_making-of

“No dia do casamento, minha mãe, todas as madrinhas e a Bianca – amiga e fotógrafa – se arrumaram comigo, no mesmo salão, o que implicou em 10 mulheres passando o dia todo no salão! Foi muito divertido e me ajudou a manter a calma durante todo o dia.” – dica preciosa compartilhada por Ana.

IMG_8002

IMG_8092

IMG_4924

IMG_8099

IMG_8082

IMG_4934

IMG_5381

IMG_8198

IMG_5348

IMG_5407

IMG_5443

IMG_8228

banner_cerimonia

“A cerimônia foi celebrada pelo nosso pastor e amigo das famílias, Milton Lucas. E meu pai, que também é pastor, ficou com a responsabilidade de celebrar a parte das alianças. Foi muito especial para mim o ter ali, participando tão de perto desse momento!”, Ana se emociona.

IMG_8340

IMG_8346

IMG_5503

IMG_5518

IMG_8412

IMG_8429

IMG_8466

IMG_8774IMG_5749IMG_5570

IMG_8596

IMG_8850

IMG_8855

IMG_8751

IMG_8900

IMG_8955

IMG_5621

IMG_5554

IMG_8970

IMG_9021

IMG_9124

IMG_9132

IMG_9137

IMG_9182

IMG_9249

banner_decor-festa

IMG_8283

IMG_8284

IMG_6187

IMG_8390

IMG_8339

IMG_8331

IMG_8329

IMG_8374

IMG_8369

“A decoração foi todinha idealizada e planejada por mim e com ajuda do santo Pinterest! Minha mãe foi minha principal parceira nos projetos DIY, que foram vários! Mas também contamos com a ajuda de primas, tias e amigos”. E assim, a Ana conta pra gente cada um deles.

♥ Corações. “Usando o casamento da Lorena como inspiração, usei corações em várias ideias diferentes! Tivemos os marcadores de lugar que eram corações de feltro que depois poderiam ser usados como marcadores de página; tivemos os corações feitos de papel colorset preto, como se fossem lousinhas, que marcaram o número das mesas; tivemos coraçõezinhos de crochê que foram colados em tiras de juta e colocados em vidros para enfeitar as mesas; e tivemos, ainda, as lembrancinhas das madrinhas, que foram coraçõezinhos de patchwork com a inicial de cada madrinha bordada!”

IMG_8332

IMG_8277

IMG_8336

IMG_8286

IMG_6193

♥ Toalhinhas de crochê. “Também usamos várias toalhinhas de crochê que foram tecidas especialmente para o casamento por uma senhora muito querida da igreja dos meus pais, a Dona Maria! Quis citar o nome dela aqui porque, por livre e espontânea vontade, com seus 92 anos, e quase que sozinha, ela fez todas as toalhinhas usadas em toda a decoração do casamento. E ainda vivia me perguntando se eu estava precisando de mais alguma coisa! E eu acredito que esse amor colocado em cada detalhe transpareceu no dia do casamento e ainda transparece nas fotos!” - concordamos plenamente! <3

IMG_8279

IMG_8324

IMG_8366

IMG_8372

♥ Objetos com significado. “Como detalhes da decoração, fiz questão de usar objetos que tivessem significado pra nós! Usamos fotos dos casamentos dos nossos pais e avós, e no cantinho das lembranças colocamos uma maleta que havia sido do meu avô materno, que faleceu quando minha mãe tinha 17 anos, e uma câmera fotográfica que pertenceu ao meu avô paterno, que era fotógrafo e que faleceu em janeiro do ano passado.”

♥ Identidade visual. “O convite, mapa de mesas, quadro de presença, programas do casamento, rótulo das lembrancinhas, topo de bolo e cartões para recados – foi toda feita por uma madrinha e amiga muuito querida e talentosíssima, a Natália Fcachenco.”

IMG_8285

IMG_8327

IMG_9408

IMG_9406

IMG_8314

IMG_8316

♥ Luzinhas e gambiarras. ”E, como várias noivas por aí, durante o planejamento do casamento eu nutri um amor enorme por varais de luzinhas! E na última semana, quando eu já estava sem esperanças, meu pai resolveu me presentear com mais esse mimo e com a ajuda do meu cunhado fez as tão desejas luzinhas!”

IMG_6321

♥ Lembrancinhas. Como lembrancinha, além dos marcadores de página, tivemos mini aromatizadores que foram presente de um amigo nosso que é o dono de uma fábrica de mimos cheirosos! Para as madrinhas, além dos corações de pacthwork, cada uma ganhou um cabide para pendurar o vestido no dia do casamento, a inicial de seu nome também em patchwork e uma gargantilha de prata. Já os padrinhos, ganharam as gravatas borboletas e os suspensórios. E por último, mas não menos importante, presenteamos nossos pais com lencinhos personalizados para que pudessem usar durante a cerimônia e cestas de produtos de banho e beleza! Assim, cada casal poderia aproveitar os presentes juntos! ;)”

banner_festa

Ao contrário do esperado, o casamento foi realizado na cidade do noivo! “Metade de nossos convidados morava lá e minha família teria que viajar de qualquer maneira, já que moramos todos espalhados pelo Brasil“, explica Ana. “Além dessa questão, financeiramente também foi muito vantajoso. Acho importante que outras noivas saibam que com um orçamento relativamente enxuto, com muito trabalho e com ajuda de amigos e familiares muito queridos, conseguimos ter a celebração que tanto sonhamos! O sonho do casamento é um sonho possível!, palavras de Ana pra encorajar as noivinhas sonhadoras!

IMG_9278

IMG_9259

IMG_6302

IMG_9431

IMG_6371IMG_6350IMG_9480IMG_6426IMG_9452IMG_9553IMG_9697IMG_6289IMG_9712IMG_9698

Viu só, Ana? Seu casamento está aqui no blog, como você imaginou em dividir esse momento e experiências com a gente. Nós amamos, de verdade! Que você e Marcos sonhem e que Deus realize todos os planos dEle para vocês!

{Ficha Técnica: Fotografia: Casa Lume | Local: Estância 35 – Três Coroas, RS | Vestido da Noiva e daminhas: Noivas Ideias – Bauru, SP | Cabelo Noiva, Mãe da Noiva e Madrinhas: Id Espaço Vip – Igrejinha, RS | Maquiagem da Noiva: Deise Gambarti Gusmão | Sapato da Noiva: Melissa | Gravata do Noivo: The TieBar | Suspensórios dos padrinhos: Hakatie | Buquês: Rafael de Oliveira | Cerimonial: Claudia Riegel | Celebrante: Pastor Milton Lucas (Vineyard Piratininga, SP) | Identidade Visual: Natália Fcachenco | Lembranças: Dolcce Aroma | Banda: Jéf  | Som e Iluminação: Oficina Produtora – Cristiano Tomazi | Filme: Creating Vídeos Criativos}

♥ 5 de abril de 2014

Mini wedding rústico preto e branco de B & W

c_historias

A Bruna nos enviou fotos de seu mini wedding com o William, realizado em um local rústico e pouco convencional em sua cidade, Joinville. Eles optaram pelas cores preto e branco, numa brincadeira com as iniciais dos seus nomes: B e W (alusão à black and white). Um tema bem criativo e a cara (quer dizer, o nome) dos noivos, hehe.

Os detalhes em preto também estavam no cinto do vestido da noiva, e nos vestidos das madrinhas e daminha. A decoração DIY foi feita pela noiva e sua família, reutilizando garrafas de vidro para os centros de mesa.

IMG_8166_bruna e william

IMG_8260_bruna e william

IMG_8365_bruna e william

IMG_8380_bruna e william

IMG_8388_bruna e william

IMG_8397_bruna e william

IMG_8445_bruna e william

IMG_8556_bruna e william

IMG_8563_bruna e william

IMG_8566_bruna e william

IMG_5674_bruna e william

Bruna e william_casamento DIY preto e branco

Bruna e william_casamento DIY preto e branco 2

IMG_8607_bruna e william

IMG_8585_bruna e william

IMG_8568_bruna e william

IMG_8696_bruna e william

Bruna e william_casamento DIY preto e branco 1

IMG_8749_bruna e william

Relato da noiva Bruna:

“A decoração Black & White foi uma das primeiras idéias que tivemos sobre o casamento, já que além de bonita, nossas iniciais formam essa paleta de cores. Fizemos um varalzinho com fotos 10×10 em B&W com vários momentos da nossa vida a dois e com os convidados. Nesse mesmo cantinho, havia uma máquina de escrever com um recado.

As lembrancinhas eram mudas de mini-rosa numa carroça aonde havia o seguinte desejo: Que a lembrança desse dia floresça no jardim de sua memória. 

O texto de boas vindas explicava aos convidados que a cerimônia seria diferente, realizada pelos nossos pais e padrinhos, pois acreditávamos que através dos votos deles, estaríamos recebendo todas as bênçãos de Deus. Convidamos para padrinhos somente nossas irmãs e cunhado, e a daminha foi a nossa afilhada Lara, de 2 anos. (…) Os votos foram lindos e emocionantes, e a cerimônia foi breve e significativa, como sempre sonhamos.

Minha sogra faleceu seis meses antes de eu e o William começarmos a namorar, então resolvemos homenageá-la com uma foto na lapela do noivo. Ela ficou ali, sob o peito dele, até a hora de tirar o paletó!

Depois do jantar, fizemos o buquê de fitas. Meu marido segurou o buquê no centro e eu fui cortando as fitinhas ao som de ‘Man, I Feel Like a Woman’. As fotos do buquê ficaram lindas e todos os convidados adoraram essa brincadeira, que para a maioria deles era nova.

Passados mais de cinco meses, o que fica é a saudade desse dia de tanto amor. “

Bruna, muito obrigada por compartilhar seu grande dia conosco, muitas alegrias e bençãos para vocês!

{Ficha técnica: Fotógrafa – Ketryn Suda | Decoração e doces:  noiva e família | Local: Taberna da Liga da Sociedade Joinvillense | Bolo: Cia das Delícias | Vestido da noiva: Eucébio | Cinegrafista:  Ariadne Film Maker | DJ: Iverts Moresco | Artes Gráficas: Ilana Thais Andrade}

postado por na categoria Brides, Casamentos, DIY, Histórias Reais
♥ 29 de janeiro de 2014

Casamento DIY de Juliana e Gabriel

c_historias

A gente aqui se derrete com história de amor emocionante… O que dizer dos noivos que se reencontram apenas na semana do casamento, depois de um ano longe um do outro? História retirada de um livro do Nicholas Sparks? Não, história real dos noivos (fofos) Juliana e Gabriel, escrita pelo próprio Deus, o melhor Autor. <3 A Juliana compartilhou com a gente e reproduzimos lá no fim do post.

DSC_0360DSC_0388banner_making-of

DSC_0008DSC_0046DSC_0061DSC_0281-3DSC_0006DSC_0013DSC_015312072838134_0d8ae9af72_cDSC_0028DSC_0175DSC_0220DSC_02911174548_609438262427454_691610548_nbanner_cerimonia

DSC_0359-2DSC_0364DSC_0387-2 DSC_0393-2 DSC_0442 DSC_0488 DSC_0459 DSC_0420 DSC_0435DSC_0419 DSC_0203-3 DSC_0213-3DSC_0294-3 DSC_0308-3 DSC_0305-3 DSC_0299-3banner_decor-festa

A Juliana foi uma noiva super dedicada aos preparativos do casamento e confeccionou vários detalhes ela mesma, juntamente com sua mãe. Esse foi um casamento verdadeiramente DIY! A decoração branca e amarela ficou muito alegre e fresquinha ao mesmo tempo. Coisa mais linda!

Detalhes que amei nesse casamento:

 o cabelo cacheado maravilindo da Ju (Gente, os meus cachos sumiram! Que saudades!).

 as madrinhas todas de amarelo e os padrinhos com gravatas amarelas.

 os corações de feltro super versáteis e fofos, que serviram como: pano de fundo para a mesa do bolo e doces, lapela do noivo e arranjos das mesas.

♥ as garrafas de vidro (que amamos!) decoradas com juta e laços ou fitas e botões no melhor estilo DIY.

 a mesa especial dos amigos encalhados – Haha, que forma divertida de juntar o amigos solteiros! Eu conheci o Dani em um casamento, olha aí!

DSC_0133-2DSC_0134-2 DSC_0142-2 DSC_0152-2DSC_0137-2 DSC_0148-2 DSC_0145-2 DSC_0155-2 DSC_0128-2 DSC_0165-2 DSC_0162-2DSC_0125-2 DSC_0118-2 DSC_0440 DSC_0107-2DSC_0111-2 DSC_0169-2 DSC_0174-2 DSC_0167-2 DSC_0447 DSC_0175-2 DSC_0186-2 DSC_0191 DSC_0181-2 DSC_0180-2 DSC_0196-2DSC_0399-2 DSC_0345-31498837_610419822329298_1499195033_o

Depoimento da noiva, Juliana:

Somos da cidade maravilhosa, RJ, mas nos conhecemos em São Paulo, e namoramos por 3 anos e 7 meses. Aliado a Deus estava todo o cavalheirismo e romantismo do Gabriel, que sempre me surpreendia com um recadinho, mesmo que fosse em um guardanapo. 

Infelizmente, assim que ele se formou, eu ainda tinha mais um ano da faculdade de Letras, por isso tivemos que nos despedir, já que ele fora chamado para ser missionário entre os rios do Amazonas, nosso sonho como casal, mas que precisava ser vivido apenas por um de nós no momento. Vivemos o ano de 2013 longe um do outro, mas conversando pelo telefone todo o tempo e, quando possível, nos víamos pelo Skype, o que era motivo de festas. A distância trouxe muitos desafios, mas o amor resistiu a ausência do calor humano e Deus fortaleceu os laços que foram feitos para serem eternos. 

O casamento começou a ser planejado no final de 2012 e como o dinheiro era pouco, tudo foi sonhado, desenhado, planejado e pesquisado por mim mesma. Juntamente com minha mãe, eu comecei a colocar a mão na massa produzindo tudo o que seria utilizado na decoração, para que o grande dia fosse inesquecível. A grande surpresa foi quando Deus colocou a Ana Hoffmann em minha vida, um sonho aparentemente impossível. 

Depois de muitas noites mal dormidas e contando com a ajuda de muitas amigas, a semana do casamento chegou e com ela a surpresa do nosso reencontro. Estávamos doidos de saudade e não conseguíamos parar de nos abraçarmos. A semana chuvosa assustava, pois o casamento seria todo ao ar livre e sem plano B. Enquanto a equipe estava preocupada, os noivos estavam tranquilos, pois desde o início orávamos a Deus por aquilo, e Ele foi maravilhoso conosco, pois o dia começou chuvoso mas saiu um sol maravilhoso na hora do casamento. Um momento mágico e inesquecível, pois selou um amor verdadeiro e baniu a saudade e uma vez por todas. Hoje nós dois vivemos juntos em missão entre os rios amazonenses, levando esperança e amor, servindo aos outros e a Deus.

Juliana e Gabriel, que Deus continue fortalecendo o laço eterno de amor entre vocês!

{Ficha técnica: Fotografia: Anne Seixas e Whendy Miranda | Local: Pousada dos pais da noiva, em Paraty – RJ | Decoração e mobiliário: Sandra Costa | Cerimonial e buquê: Ana Hoffmann | Bolo e salgados : Natureza Arte e Saber | Vídeo: Rodrigo Casañas}

postado por na categoria Brides, Casamento, Casamentos, Histórias Reais